Dispositivo ultrasensível para detecção de gases prejudiciais à saúde

>Descrição

A tecnologia proposta consiste de um detector de gases nocivos à saúde. Este é composto por microdiscos de óxido de estanho e carbono, os quais conferem ao dispositivo preço acessível por serem abundantes e de baixo custo.

 

>Problemas

O crescimento da emissão de gases nocivos, tais como NOx, CO, H2S por exemplo, é uma ameaça para a saúde pública, até mesmo em pequenas concentrações, dado seu impacto negativo no sistema respiratório humano.

 

>Benefícios

O elemento sensor desenvolvido proporciona a detecção de gases prejudiciais à saúde, tais como os diferentes óxidos de nitrogênio. É capaz de detectar 100 ppb por hora, um padrão definido pela Agência de Proteção Ambiental dos EUA. Além disso, tal dispositivo demonstra elevada sensitividade e seletividade em relação a interferentes. Esses discos também mostraram rápido tempo de resposta, na ordem de segundos, o que os torna adequados para sensores comerciais.

Informação da Patente:
Categoria(s):
Novos Materiais
Informações, Contactar:
Agência UNESP de Inovação
Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - Unesp
auin@unesp.br
Inventores:
José Arana Varela
Marcelo Ornaghi Orlandi
Anderson André Felix
Pedro Henrique Suman
Harry L. Tuller
Palavra-chave:
Engenharia de Materiais e Metalúrgica
Tecnologias Ambientais