Preparação e uso de compostos para tratamento de doenças hematológicas

>Descrição

A tecnologia proposta descreve um processo de síntese de novas moléculas derivadas do resveratrol, as quais podem ser utilizadas no tratamento de doenças, que incluem câncer, talassemia e anemia falciforme.

 

>Problemas

A anemia falciforme é considerada uma das doenças hemofílicas hereditárias mais prevalentes no mundo. Estima-se que no Brasil nasçam anualmente cerca de 3.500 crianças com essa doença e 200.000 portadores de traço falciforme. O único fármaco disponível atualmente para o tratamento da anemia falciforme é a hidroxiureia. Apesar da capacidade de aumentar hemoglobina fetal, este fármaco possui diversos efeitos colaterais graves, tais como a mielosupressão e genotoxidade, limitando seu uso por período prolongado. Outro problema da terapia atual é que cerca de 30% dos pacientes não respondem ao fármaco, tornando imenso o desafio do tratamento.

 

>Benefícios

Estes novos compostos apresentam efeitos analgésico e anti-inflamatório, sendo capazes de induzir a produção de hemoglobina fetal. Além disso, inibem o processo de adesão celular, não perturbam membranas biológicas e tampouco apresentam efeitos genotóxicos. Destaca-se a maior eficácia e segurança destes compostos em comparação com os medicamentos disponíveis atualmente.

 

>PDF

 

 

Informação da Patente:
Categoria(s):
Saúde Humana
Informações, Contactar:
Agência UNESP de Inovação
Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - Unesp
auin@unesp.br
Inventores:
Jean Leandro dos Santos
Aylime C. B. Merchior Jesuíno
Priscila Longhin Bosquesi Oliveira
Carolina Lanaro
Aline Renata Pavan
Chung Man Chin
Fernando Ferreira Costa
Palavra-chave:
Farmacologia
Saúde Humana