Catalisador heterogêneo reutilizável para a produção de biodiesel

>Descrição

Esta tecnologia descreve o processo de obtenção de um novo catalisador heterogêneo de estrutura perovskita dupla à base de óxidos mistos de estrôncio, potássio, titânio e cobre para a produção de biodiesel.

 

>Problemas

O Brasil é um dos principais produtores de biodiesel do mundo, ocupando o 2º lugar na produção mundial de biodiesel e o 3º em consumo. Visando aumentar o desenvolvimento desta tecnologia, o número de agricultores participantes do Programa de Produção e Uso de Biodiesel cresce cada vez mais devido aos ótimos resultados de pesquisa, desenvolvimento e investimento em oleaginosas sustentáveis.

Entretanto, existem diversos desafios científicos e tecnológicos para serem superados, destacando-se a necessidade de desenvolvimento de novos catalisadores eficientes, sustentáveis, seletivos e baratos. Esta tecnologia descreve um novo catalisador heterogêneo para a produção de biodiesel, que apresenta alta eficiência e excelentes rendimentos em sua produção.

 

>Benefícios

Este novo catalisador heterogêneo utiliza compostos não tóxicos em sua composição, apresenta alta eficiência e excelentes rendimentos para a produção de biodiesel. Além disso, pode ser reutilizado durante vários processos de produção, reduzindo custos de energia, baixa ocorrência de insumos e resíduos e, consequentemente redução no custo do processo de produção e produto final obtido.

 

>PDF
http://unesp.technologypublisher.com/files/sites/14auin044---catalizador-biodiesel.pdf 

Informação da Patente:
Informações, Contactar:
Agência UNESP de Inovação
Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - Unesp
auin@unesp.br
Inventores:
Fernando Storti
Silvania Lanfredi Nobre
Marcos Augusto de Lima Nobre
Palavra-chave:
Energia
Engenharia de Materiais e Metalúrgica
Engenharia Química
Novos Materiais