Eletrodo com aplicação na forma líquida

>Descrição

A presente tecnologia consiste em um filme fino transparente, com propriedades elétricas e ópticas, potencialmente útil para ser utilizado como eletrodo em dispositivos eletrônicos e optoeletrônicos. Apresenta ainda alta estabilidade química, boa condutividade e insolubilidade.

 

>Problema

Atualmente, no desenvolvimento de componentes optoeletrônicos busca-se a fabricação de dispositivos ultrafinos e processados a partir de materiais solúveis. Porém, grande parte dos eletrodos dos dispositivos é produzida a partir de metais e de óxidos transparentes e condutores, os quais devem ser depositados por técnicas que necessitam instrumentos sofisticados. Esta nova tecnologia produz filmes finos para aplicação em dispositivos optoeletrônicos utilizando uma tinta a base de água constituída de materiais orgânicos com propriedades eletrônicos.

 

>Benefícios

Esta nova tecnologia pode ser processada a partir de soluções por técnicas de impressão gráfica, acarretando um significativo aumento de escala de produção e redução de custos dos dispositivos optoeletrônicos. Pode ainda ser aplicada de maneira vasta na indústria eletroeletrônica em diversos componentes como celulares, células solares, indústria automobilística, dispositivos de iluminação e comunicação visual, entre outras.

 

>PDF

http://unesp.technologypublisher.com/files/sites/15auin035---pedot-pss.pdf

http://unesp.technologypublisher.com/files/sites/15auin035---pedot-pss---english-version.pdf

 

Informação da Patente:
Categoria(s):
Novos Materiais
Informações, Contactar:
Agência UNESP de Inovação
Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - Unesp
auin@unesp.br
Inventores:
Matheus Quadros
Fábio Simões de Vicente
Giovani Gozzi
Palavra-chave:
Engenharia Elétrica
Engenharia Química
Física
Novos Materiais
Química