Processo de produção de ácido acrílico a partir de glicerol

>Descrição

Esta nova tecnologia proporciona a conversão do glicerol, um subproduto oriundo da produção de biodiesel, que possui um baixo valor de mercado, em ácido acrílico, um produto que apresenta um alto valor de mercado e um amplo campo de aplicação na indústria química, como por exemplo, na fabricação de polímeros super absorventes, tintas, adesivos, argamassas, entre outros, utilizando um catalisador de vanadossilicato.

 

>Problema
O ácido acrílico é um produto amplamente utilizado na indústria química e atualmente a sua principal forma de obtenção é a partir da oxidação do propileno, uma olefina derivada do petróleo. Através desta tecnologia é possível a obtenção do ácido acrílico a partir da conversão do glicerol, um subproduto da produção de biodiesel, sendo assim, um método totalmente ecológico para a sua obtenção. Outro diferencial é a conversão do glicerol em ácido acrílico em uma única etapa, diferentemente dos procedimentos encontrados atualmente, dessa forma, a tecnologia proporciona essa conversão de forma mais rápida e econômica, além de poder resolver um dos problemas das empresas que atuam na produção de biodiesel que é a geração de glicerina.

 

>Benefício
É possível a produção do ácido acrílico de uma maneira totalmente ecológica e em uma única etapa utilizando um catalisador de vanadossilicato, diminuindo assim o tempo e o custo de sua produção, além de que, empregando esta tecnologia as empresas que atuam na produção de biodiesel pode haver a resolução de um de seus problemas que é a geração de glicerina.

 

>PDF
http://unesp.technologypublisher.com/files/sites/14auin009---acido-acrilico.pdf

Informação da Patente:
Categoria(s):
Novos Materiais
Informações, Contactar:
Agência UNESP de Inovação
Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - Unesp
auin@unesp.br
Inventores:
Alex Silva Paula
Luiz Gustavo Possato
Leandro Martins
José Geraldo Nery
Palavra-chave:
Engenharia Química
Nanotecnologia
Novos Materiais
Química