Soro eqüino antiveneno de abelha

>Descrição

Soro eqüino antiveneno de abelha

 

"Abelhas fazem parte da vida do homem há milênios, principalmente por fornecer o mel, uma iguaria cuja utilização na culinária humana remonta à pré-história. Entretanto, bastam 300 µL de seu poderoso veneno para hospitalizar uma pessoa."     

 

Descrição: Solução de anticorpos de origem eqüina capaz de neutralizar o efeito tóxico de veneno de abelhas do gênero Apis. Método de obtenção da solução, reconhecimento do antígeno, purificação e controle de qualidade do produto final. 

 

Problema: Os acidentes com animais peçonhentos cresceram 33% de 2004 – 2010. (Ministério da Saúde, 2010). Acidentes com múltiplas ferroadas de abelhas do gênero Apis são comuns nas Américas e estima-se que causem entre 300 e 400 mortes/ano.

Uma única picada pode levar ao choque anafilático em pessoas sensibilizadas, sendo que esta reação não é dose-dependente. Estima-se que uma dose de 20 ferroadas / Kg seja fatal para humanos e animais. Estima-se que ocorram 15 mil ataques de abelhas por ano, somente no Brasil ocasionando cerca de 140 mortes. Mesmos os acidentes não-letais podem causar danos permanentes em diversos órgãos.

 

Solução Proposta: Produção de soro antiveneno de abelha em grandes quantidades, aplicável em Medicina Humana e Veterinária para o tratamento do envenenamento por picadas múltiplas.

 

Benefícios: Não há terapêutica para o envenenamento por ataques de abelha disponível no mercado.

 

Potencial de Mercado: O Brasil importou cerca de 18bi de doses de soros antivenenos, movimentando aproximadamente US$ 132bi até Set/10 (MDIC, 2010). O Governo Federal é atualmente o maior comprador.

 

http://unesp.technologypublisher.com/files/sites/nit-179-08---soro-eqüino-antiveneno-de-abelha.pdf

 

http://unesp.technologypublisher.com/files/sites/nit-179-08---bee-antivenom-made-from-horse-serum.pdf

Informação da Patente:
Categoria(s):
Saúde Humana
Informações, Contactar:
Agência UNESP de Inovação
Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - Unesp
auin@unesp.br
Inventores:
Mário Sérgio Palma
Marco Antonio Stephano
Jorge Elias Kalil
Hisako Gondo Higashi
Rosalvo Guidolin
José Roberto Marcelino
Josefina Farina Morais
Celso Pereira Caricati
Keity Souza Santos
Osmar Malaspina
Fabio Fernandes Morato Castro
Palavra-chave:
Biodiversidade e Recursos Naturais
Biotecnologia
Farmacologia
Saúde Humana